segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Sobre Catupiry e amizade

Ontem recebi o primeiro salário da minha vida, enquanto muitos dos colegas diziam que era o "primeiro dinheiro com teatro" aquele foi o primeiro que recebi porque trabalhei, já recebi pro freelas mas é diferente. Nem foi tanto com o dinheiro que fiquei feliz, a felicidade veio depois, fui ao Vitrine ( na Augusta ) e lá gastei meu dinheirinho, com alguns amigos eu fiquei lá, comendo, falando e fixando um pacto de amizade para sempre, e assim é, enquanto um de nós tiver alguma moeda no bolso, todos tem uma moeda também, sempre foi assim e ontem depois de muito tempo, todos meus amigos tiveram meu cachê no bolso deles também. Brindei com coca-cola e gratidão, pelas vezes que eu tive o dinheiro deles também. A fraternidade dos homens é uma das poucas coisas que ainda me fazem crer na humanidade, a amizade sobrevive em porões escuros, nas distâncias, físicas se afetivas, mas se renova com um telefonema, uma topada na rua, ou uma pizza de Frango com Catupiry. E ontem eu dividi a conta.

2 comentários:

  1. e tambem "aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distancias"

    ;)

    ResponderExcluir